Laxante: possíveis riscos e quando é indicado

SEU LINK ESTÁ QUASE PRONTO! OU CLIQUE NO ANUCIO


Os laxantes são remédios que estimulam as contrações intestinais, favorecendo a eliminação das fezes e combatendo temporariamente a prisão de ventre. Apesar de ajudar a diminuir os sintomas da prisão de ventre, tomar mais de 1 comprimido de laxante por semana pode ser prejudicial à saúde, pois pode induzir um dependência, em que o intestino passa a funcionar somente após a toma do laxante.
Por isso, o uso de laxantes só deve ser feito sob orientação médica, porque na dose certa, eles podem ser recomendados, quando é necessário esvaziar o intestino durante a preparação para exames como a colonoscopia, por exemplo.
É importante adotar bons hábitos de saúde para evitar a prisão de ventre e não usar laxantes, sendo recomendado comer alimentos ricos em fibras, beber bastante água durante o dia, praticar exercícios regularmente e ir ao banheiro quando sentir vontade.

Tomar laxante faz mal?

O uso frequente de laxantes, como Lactulose, Bisacodil ou Lacto Purga, por exemplo, pode causar, a longo prazo, problemas para a saúde, como por exemplo:

 Dependência e agravamento da prisão de ventre

Quando se está sem defecar por pelo menos 3 dias, as fezes tornam-se duras, sendo mais difícil a sua eliminação e diminuindo as funções do intestino, o que agrava ainda mais a prisão de ventre. Nessa situações pode ser recomendado o uso do laxante para promover as contrações do intestino e promover a eliminação das fezes.
No entanto, quando o uso de laxantes torna-se frequente, pode acabar por fazer com que o intestino torne-se dependente do remédio, funcionando apenas quando estimulado pelo laxante.

 Mau funcionamento dos rins ou do coração

O uso dos laxantes em excesso também pode causar problemas cardíacos ou renais devido à eliminação de eletróticos importantes, como cálcio, além de vitaminas e nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo.

 Prejudicar a absorção de outros medicamentos

Além de levar à irritação da mucosa do intestino e tornar o intestino grosso mais liso e comprido, o que faz com que as fezes precisem percorrer um caminho maior para serem eliminadas. Além disso, o uso frequente dos laxantes faz com que haja diminuição das rugosidades do intestino que ajudam a moldar as fezes e que auxiliam nas contrações intestinais.

Aguarde...
hit counters